Siga-nos

Sociedade

Governo de SP anuncia novo investimento bilionário

Medida de investimento na CSN tem expectativa de gerar 400 empregos diretos e mil indiretos

Da Redação, em 10 de junho de 2019
Divulgação Governo do Estado de São Paulo

O Governador João Doria e a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, anunciaram no Palácio dos Bandeirantes, o investimento de R$ 1,5 bilhão da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). A CSN integrará o Polo Metal-metalúrgico de Máquinas e Equipamentos. O estudo do local mais adequado para o investimento da CSN será feito pela Invest SP, agência paulista que apoia o empreendedor de acordo com as necessidades de sua atividade.

“É um investimento substantivo, que atende a perspectiva do Polo Metal-metalúrgico. É a primeira conquista já desse programa dos polos. Várias vezes ao longo desse ano teremos oportunidade de fazer anúncios”, disse o Governador João Doria. “Destaco que a CSN é um dos maiores grupos siderúrgicos do mundo, está presente em 18 estados brasileiros, na Alemanha e em Portugal”, comentou sobre a empresa que irá gerar mais 400 novos empregos diretos e mil indiretos com o investimento anunciado.

“Hoje em dia a gente busca a competitividade de todos os lados, então ter um polo que você possa convergir com a logística e o barateamento do custo é vital para que se viabilize uma produção integrada do setor”, ressaltou o Diretor-Presidente da CSN, Benjamin Steinbruch. “Os polos têm a convergência, não só dos grandes clientes, como daqueles que fazem parte da cadeia. Quanto mais próximo tiver, melhor”, exemplificou.

O objetivo do polo de desenvolvimento é fomentar e incentivar o aumento da produtividade da indústria, atraindo investimentos, impulsionando a inovação e a geração de empregos e renda, otimizando na mesma região geográfica políticas públicas que impactam direta ou indiretamente o setor produtivo.

“É razão de orgulho para São Paulo ter a oportunidade deste anúncio nessa dimensão, não apenas pelo investimento, mas pelos empregos diretos, lembrando que a CSN, pela natureza, metal e metalúrgica, ela também trabalha em cadeia e tem na indústria automobilística um dos seus principais seguimentos de consumo daquilo que ela produz”, afirmou o Governador.

Publicidade
Clique para comentar

Comentar

Sociedade

Usuários de patinetes elétricos expostos ao perigo

81% não usam itens de segurança, diz Procon-SP

Da Redação, em 15 de junho de 2019
EBC

Pesquisa feita pela Fundação Procon-SP, vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania, mostra que 28% dos 1.381 entrevistados declararam ter utilizado patinete elétrico, dos quais, 77% (302), por meio de locação do equipamento. Dos usuários que já alugaram, 81% responderam que não utilizam equipamentos de segurança e 57% costumam transitar pelas ciclofaixas.

A pesquisa revela ainda que 43% dos consumidores que responderam já ter utilizado o serviço de aluguel de patinetes deram o aceite no aplicativo sem ler o termo de uso e a política de privacidade. Ao todo, 65% declaram que não sabiam utilizar o equipamento.

Para 80% dos entrevistados o patinete elétrico é uma boa alternativa de transporte na cidade de São Paulo. Ao mesmo tempo, 72% defendem que exista algum tipo de regulamentação, tais como: locais para transitar e estacionar e uso de equipamentos de segurança. O questionário sobre o uso de patinetes elétricos foi disponibilizado no site da fundação entre os dias 14 e 27 de maio. O objetivo foi identificar a percepção do consumidor, que utiliza ou não esse meio de locomoção, sobre a segurança e a oferta do serviço.

Continue Lendo

Sociedade

Instituto Florestal recupera área em Mogi Guaçu

Área está localizada na Estação Experimental e visitantes poderão conhecer diferentes espécies do cerrado

Da Redação, em 14 de junho de 2019

Uma área de cerrado de aproximadamente 45 campos de futebol, em Mogi Guaçu, foi entregue para a população após ser recuperada. Agora, quem mora na região pode apreciar a natureza e conhecer a Trilha das Lobeiras.

“A trilha é bem estruturada e funciona bem para trabalhar a educação ambiental com crianças, jovens e adultos. Esperamos novos projetos para fortalecer ainda mais essa área que tem tudo para ser uma floresta estadual”, disse o diretor da Divisão de Florestas e Estações Experimentais do Instituto Florestal, Luiz Miguel Menezes. O instituto é responsável pela recuperação do local em parceria com o Aeroporto Internacional de Viracopos e a empresa Ceiba Consultoria Ambiental.

A área restaurada tem 442,5 mil metros quadrados e está localizada na Estação Experimental de Mogi Guaçu, na Fazenda Campininha. Ao todo, a trilha tem 1 km de extensão com sinalização em placas identificando espécies típicas do cerrado paulista. O visitante poderá conhecer conhecer diferentes espécies como rabo-de-burro (espécie de sapê comum em áreas de cerrado), além da floração e frutificação de lobeiras, jurubebas, indaiá, cajueiro-do-campo, gabirobas, entre outras.

“As áreas de cerrado são extremamente significativas para a manutenção da biodiversidade, mas ações práticas de restauração ecológica nesse bioma são relativamente mais raras”, completou o analista ambiental de Viracopos, Tiago Aranha.

Continue Lendo

Destaques